Sua próxima refeição pode sair bem mais barata!

Sua próxima refeição pode sair bem mais barata!

Se você costuma frequentar alguma franquia de fast food, restaurante ou cafeteria você provavelmente não está aproveitando todas oportunidades que tem para pagar mais barato ou até ganhar alguma opção bacana do cardápio. Semana passada comemos costelinha de porco (com o nome gourmet de Billy Ribs) no Outback como cortesia. Esse mesmo prato custa cerca de R$35 no cardápio deles. Como isso aconteceu você descobre agora.

Continuar lendo “Sua próxima refeição pode sair bem mais barata!”

Pensando em trocar de smartphone?

Pensando em trocar de smartphone?

Faz alguns dias que precisei fazer isso, embora estivesse adiando ao máximo. Meu último aparelho foi o Nexus 5 (criação do Google em parceria com a LG em 2013) – Um aparelho intermediário tão incrível (na época paguei em torno de R$1100) que até hoje eu literalmente não encontrei nenhum que seja páreo a ele nessa faixa de preço. Ele durou eu acho que uns dois anos até que num acidente acabou tendo sua tela quebrada – O reparo, que ficava na faixa dos R$600, não valia a pena. Foi então que decidi comprar um Moto G 4 Plus – Que havia sido lançado exatamente 24 horas antes do meu Nexus sofrer um acidente (meio conveniente, não?).

Continuar lendo “Pensando em trocar de smartphone?”

A farsa do 13º e como administrei as finanças em meio à crise

A farsa do 13º e como administrei as finanças em meio à crise

Neste mês descobri que não existe 13°. Ele é uma ilusão que funcionava (muito bem) para mim até que casei e comprei meu primeiro carro.

Continuar lendo “A farsa do 13º e como administrei as finanças em meio à crise”

Onde comprar as camisas mais legais

Já comprei de tudo na internet, mas se tem uma coisa difícil de comprar (e acertar em cheio) é camisa. Tem um monte de site com estampas legais, mas com qualidade péssima. Tem site que vende baratinho, mas você leva qualidade nível camisa de político, tem site que vende caro demais e também entrega camisa de político, tem site que vende caro demais, mas vale a pena. Acho que até hoje (ufa) nunca me dei mal na qualidade, mas a medida certa sempre foi um risco. Quanto ao “caro demais”, se paga também pela originalidade da criação e não somente a qualidade da malha.

Continuar lendo “Onde comprar as camisas mais legais”

Compartilhar é mais legal que pregar

Compartilhar é mais legal que pregar

Num grupo pequeno de pessoas eu considero compartilhar muito mais legal que pregar. Costumo dizer que numa Célula eu não levo respostas propriamente, mas perguntas, indagações… Gosto de “construir” sob o tema de cada semana a partir da experiência de cada um. É como se cada pessoa fosse entregando um tijolo e eu colasse tudo com cimento. A criação desse ambiente jamais pode ser forçada, precisa ser natural. Certa vez o Leo Rapini começou um de seus workshops perguntando a sobremesa favorita de cada em vez do clichê “Qual seu nome e sua idade”. Adotei isso pra vida.

Continuar lendo “Compartilhar é mais legal que pregar”

A Lei do Desapego

A  Lei do Desapego

Morar em um apartamento me ensinou a aprender e praticar a Lei do Desapego. Costumo dizer para as visitas que não precisamos de fazer um tour pelo apê, basta sentar no sofá da sala e apontar para todos os cômodos – Você consegue enxergar todos de verdade. O espaço pequeno nos ensinou que não dá para acumular muitas coisas. Nós não tínhamos nada (quase nada) quando nos mudamos, mas aos poucos decoramos cada cantinho. Deixamos tudo com nossa cara. Mas acabou por aí. Não tem mais onde guardar ou expor novas coisas. A solução? Desapegar.

Continuar lendo “A Lei do Desapego”

Tá na hora de conhecer a Xiaomi

Tá na hora de conhecer a Xiaomi

A Xiaomi (eu sei, o nome não é muito bacana) é uma empresa chinesa de produtos eletrônicos que vem crescendo e fazendo muito sucesso cada vez em mais países (no Brasil não está sendo diferente). Para você ter ideia, eles são “apenas” a terceira maior distribuidora de smartphones no mundo! Pausa para esclarecer que, mesmo sendo chinesa, eles não tem nada a ver com os smartphones chinglings do mercado.

Continuar lendo “Tá na hora de conhecer a Xiaomi”