O que aprendi vivendo 30 dias sem uma casa

O que aprendi vivendo 30 dias sem uma casa

Quando fomos desafiados a deixar o Brasil e nos mudarmos para Vila Real eu decidi apenas confiar em minha liderança e aceitar todo e qualquer direcionamento que viria a partir dali. Não pedimos nenhum prazo para pensar e decidir – Desde o primeiro momento a oração foi: Que seja tudo que Deus preparar para ser. Pois bem, entre a certeza da partida e a partida levamos menos de 30 dias. Chegamos no aeroporto e despachamos quatro malas.

Quatro anos de casamento e toda uma vida resumida em quatro malas. Cada vez que olhava para elas refletia sobre isso, sobre como tanto pode ser resumido em tão pouco. Pensava que chegaria e logo poderia desfazê-las e re-começar. Bem, não foi nada disso que aconteceu.

Chegamos na reta final do verão e, por Vila Real ser uma cidade turística, todos apartamentos e casas estavam alugados. Nem um. Nenhum imóvel disponível. Instalamos todos aplicativos possíveis e pesquisávamos todos os dias – Era sempre a expectativa de “Amanhã vai aparecer”, mas esse amanhã demorou 720 horas para chegar. Fomos recebidos nesse tempo com muito amor por irmãos da Igreja que nos acolheram como parte de suas famílias. Esse tempo me mudou profundamente. Todos os dias que pensava em murmurar eu ouvia uma voz dizendo “Se reclamar, vai demorar mais”.

O que aprendi?

Não quero me virar sozinho. A ansiedade vem, ideias mirabolantes surgem para agilizar e “resolver”. Mas não quero ser responsável por decisões tomadas fora dos planos e tempo de Deus.

Quero o que Ele preparou. Eu sabia que Ele sabia para onde iríamos e quanto tempo levaríamos. Não era uma questão de destino, mas uma jornada. Não seria difícil encontrar um lugar se Ele tivesse separado o lugar para logo que chegamos. O lugar estava pronto, nós não.

Só posso esperar Nele. Fora dEle não há suporte que consiga suportar. Ter Ele é ter tudo. Não ter, é não ter nada.

Temos agora muitas histórias para contar e uma fé mais forte. O apartamento não demorou, mas veio. Em menos de 24 horas o encontramos, fechamos negócio e nos mudamos. Na hora certa! 😉

 

4 comentários sobre “O que aprendi vivendo 30 dias sem uma casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s