Quero começar meu próprio negócio!

Quero começar meu próprio negócio!

Muitos negócios começam em tempos de crise: A grana aperta e a pessoa precisa “se virar” para ganhar um extra. Talvez seja esse seu caso ou, quem sabe, já vem sonhando com isso a algum tempo. Nos últimos anos nós não apenas começamos a nossa empresa (Estilingue Comunicação) como também o projeto Promovendo a Visão que tem, inclusive, uma loja virtual. Através da Estilingue conhecemos algumas dezenas de empreendedores nos mais diversos ramos em nossa cidade e em cada oportunidade aprendemos bastante com eles. O post de hoje é pra você que precisa de um “empurrão” para começar o próprio negócio.

Decida começar

Muitos estão apenas ensaiando, desejando, mas sequer começaram a se preparar. Uma forma de se “forçar” a começar é estabelecer um prazo realista e listar tudo que é necessário para cumpri-lo.

Faça aquilo que você faz bem

Não queira fazer o que todo mundo está fazendo. Se alguém está se destacando é porque faz aquilo bem e, se você não faz, terá bastante dificuldade. Faça bem o que ninguém (ainda) está fazendo ou melhor do que o que estão fazendo. Conheça negócios que já existem que são do mesmo ramo e explore.

Negócios que começam na cozinha, na garagem e não possuem um plano estratégico não chegam a representar uma concorrência forte porque a tendência é que desapareçam com o tempo ou fiquem estagnados. Se não quer que isso aconteça com você invista em capacitação e se registre.

Escolha um nicho

Não queira vender para todo mundo, escolha um nicho de mercado. Defina bem quem é o seu público alvo e se preocupe em engajá-lo à sua causa. No Promovendo a Visão, por exemplo, eu poderia escolher todo mercado cristão, que por si só já é um nicho, mas escolhi pessoas que são envolvidas no Modelo de Discipulado Apostólico, ainda mais especificamente, os Líderes, Supervisores e Pastores.

Tenha um capital para investir (e invista em marketing)

Começar um negócio com a conta zerada é impossível. Investir baixo irá te “prender” sem sequer ter começado. Faça uma poupança e comece investindo através dela. Investir com a poupança, se possível, te protege no caso de tudo dar errado (e nós esperamos que não dê) e te permite, por exemplo, investir no marketing que é fundamental – Não fique procurando aquele primo ou amigo que tem o Photoshop instalado. Faça um plano de ação para resultados a curto, médio e longo prazo.

E por último…

Leva tempo até chegar “lá”

O Promovendo a Visão já tem 9 meses e até hoje não “lucrei” nenhum centavo. Todo lucro foi utilizado para custear as despesas, encontrar formas de economizar na produção aumentando a qualidade, lançar novos recursos e investimento em marketing. Criando uma base sólida você consegue visualizar um futuro mais promissor e, assim espero, garantido.

Precisa de ajuda para começar o próprio negócio? Você pode me mandar um e-mail (luis@promovendoavisao.com) e podemos conversar.

Um comentário sobre “Quero começar meu próprio negócio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s