Meu primeiro ano sem a crise pré DaM na Estrada

Meu primeiro ano sem a crise pré DaM na Estrada

O Ministério Diga ao Mundo existe na IPV Sede desde 2007 (meu Deus, é muito tempo!) e o foco sempre foi o mesmo: Gerar relacionamentos, falar do amor de Deus e usar a arte como meio para atrair e conectar pessoas. Estive com eles desde o primeiro dia, passei anos na frente do Ministério. Não tem como falar de três grandes histórias que vivi na última década sem citar o DaM em pelo menos uma delas. As viagens, as lutas, os risos, as lágrimas (daria para abastecer um pequeno vilarejo com elas por um ano)… Manter a relevância, renovar as forças, fazer tudo novo de novo a cada ano, nunca foi uma tarefa fácil, mas também nunca deixou de ser prazeroso.

(se você é um digamundense continue lendo este post ouvindo dare you to move do switchfoot)

É de dar nó na garganta escrever este primeiro post de 2016 sabendo que não estou mais ali. Que não estou vivendo, pela primeira vez, a crise do próximo DaM na Estrada. Mas também é lindo ver os ensaios acontecendo, ouvir as histórias através do Léo, da Vitória, ver que tudo está se fazendo novo. De novo. Reencontrar esse povo, abraçar e não querer largar. Muitos que já passaram pelo DaM não tem o privilégio de sentir o que sinto hoje, a sensação de dever cumprido, de ter saído na hora certa, a certeza de não ter sido um líder perfeito, mas de ter feito um bom trabalho (eu espero né).

11218802_891191224249863_2606394428734037698_n

Agora vivo “do outro lado”, pastoreio uma Igreja e me preparo para recebê-los neste DaM na Estrada. Já disse pra Gabi que quero reparar todos os furos que alguns Pastores acabaram dando em todos esses anos (nunca é fácil). Cada vez que anuncio a chegada deles meu coração se enche de alegria. Desde que assumi a Igreja não fizemos nenhum impacto de evangelismo, estávamos treinando novos Líderes, ajustando as Células, preparando o terreno. Agora sei que eles estão chegando e, com isso, uma grande oportunidade para conhecer muita gente nova e falar do amor de Deus. Vai ser incrível!

No último domingo de 2015 fiz algo com toda Igreja que aprendi com o Diga ao Mundo: Mais de 100 pessoas, grávidas, idosos, jovens, crianças… Todos de pé reconhecendo tudo que Deus fez em 2015 e, então, se agachando, segurando toda glória, todo aplauso, todo elogio para, enfim, devolver a glória para Deus. Eu contei até três e os céus se encheram de aplausos com um sonoro e coletivo “GLÓRIA A DEUS!”. Essa é uma das certezas de que a gente sai do Diga ao Mundo, mas o Ministério não sai da gente.

Até logo digamundenses!

Vídeo bônus de um dos primeiros ensaios que participei:

5 comentários sobre “Meu primeiro ano sem a crise pré DaM na Estrada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s