Feitores da história?

Feitores da história?

Nos intitular “Feitores da História” é no mínimo pretensioso (e quem fez isso foi meu caro amigo Dalber no mais recente evento da sua Igreja). Assim como ter um Ministério chamado “Diga ao Mundo”. Que seja! Somos a melhor parte da definição de pretensão: “Vontade manifestada pelo excesso de ambição”.

O alvo dos Apóstolos não era criar uma grife de camisas, virar um tema de pregação, canção ou filme. Eles não fizeram o que fizeram porque queriam atenção. Então, por que fizeram? Fizeram porque receberam um propósito sobrenatural. A ambição deles, eu creio, era contar e registrar tudo para seus vizinhos, amigos e familiares. Eles não tinham noção que alcançariam o que alcançaram. Todo mundo precisa de um propósito.

A história é feita por quem ama o que faz a ponto de sofrer pelo que faz.

O crime artístico do século XX

Faz 41 anos que Philippe Petit tinha 24 anos quando atravessou, sob uma corda, o espaço entre os edifícios do WTC. O prédio tinha 417 metros de altura! Philippe não teve um motivo. Segundo ele: “Quando vejo um lugar bacana para estender minha corda não consigo resistir”. Ele não tinha rede nem cordão de segurança, não estava procurando a morte, mas estava carregando sua vida (palavras dele). Sentou, deitou, pulou… Foram seis anos de preparo para um percurso com menos de 1 hora de duração – Sem “ensaiar”. Os amigos acreditaram e o ajudaram, mas depois da travessia foi preso, julgado e condenado. A pena foi um espetáculo gratuito num jardim para crianças. O cara fez história sem querer necessariamente fazer história. Não quis alcançar o mundo, mas alcançou.

A 40 anos não tinha internet, redes sociais… O que motivou Philippe?

Phillipe fez história:

  • Sem querer glória (ele foi preso);
  • Com ajuda de amigos que acreditaram nele;
  • Respeitando o tempo de preparo proporcional (6 anos);
  • Sem contar com uma nova chance;
  • Estava preparado para morrer (mas não buscava a morte).

As pessoas se esgotam fácil uma das outras. Nada mais prende nossa atenção. Nunca foi tão fácil fazer uma história que dure 24 horas. Nunca foi tão difícil fazer uma historia que perdure gerações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s